Retiro sobre Rodas na Terra Santa: “Verbum Caro Hic Factum est”

Após a imposição do escapulário de Nossa Senhora do Carmo, no alto do Monte Carmelo, iniciamos verdadeiramente nosso Retiro Sobre Rodas partindo para Nazaré, onde tudo começou. Um trajeto de apenas 45 minutos, mas o tempo necessário para criarmos, em nossas mentes e corações de uma forma humana, a cena de como tudo começou.

Deus Pai, do alto dos céus, olhou para terra e a viu toda escura ainda como consequência do pecado de Adão e Eva. Em sua infinita misericórdia decidiu que era hora de cumprir a promessa de amor ao seres humanos conforme nos relata o evangelista São João:

Pois Deus amou de tal forma o mundo, que entregou o seu Filho único, para que todo o que nele crer não morra, mas tenha a vida eterna. (Jo 3,16)

Para tanto enviou dos céus, o arcanjo São Gabriel com a missão de convidar sua eleita a participar da realização de seu plano de amor, conforme nos narra o evangelista São Lucas:

“No sexto mês, o anjo Gabriel foi enviado por Deus a uma cidade da Galileia, chamada Nazaré, a uma virgem desposada com um homem que se chamava José, da casa de Davi e o nome da virgem era Maria. Entrando, o anjo disse-lhe:

“Ave, cheia de graça, o Senhor é contigo”.

Perturbou-se ela com essas palavras e pôs-se a pensar no que significaria semelhante saudação. O anjo disse-lhe: “Não temas, Maria, pois encontraste graça diante de Deus. Eis que conceberás e darás à luz um filho, e lhe porás o nome de Jesus. Ele será grande e será chamado Filho do Altíssimo, e o Senhor Deus lhe dará o trono de seu pai Davi; e reinará eternamente na casa de Jacó, e o seu reino não terá fim”. Maria perguntou ao anjo: “Como se fará isso, pois não conheço homem?” Respondeu-lhe o anjo: “O Espírito Santo descerá sobre ti, e a força do Altíssimo te envolverá com a sua sombra. Por isso, o ente santo que nascer de ti será chamado Filho de Deus.” (Lc, 1,26-35)

Neste momento Maria dá a reposta que o céu inteiro aguardava e que muda para sempre a história da humanidade:

Eis aqui a serva do Senhor. Faça-se em mim segundo a tua palavra. (Lc 1,38)

E o Verbo se fez carne e habitou entre nós.

Com estes pensamentos chegamos a Nazaré para vivermos um dia todo dedicado à Maria, Jesus e José, nos integrando a Sagrada Família, a qual Jesus nos deu como mais um grande ato de amor por nós na Cruz:

Mulher, eis aí teu filho. (Jo 19,21)

Nazaré

Nazaré está no coração de um vale rodeado por montanhas onde estão vários dos mais importantes locais cristãos do mundo. De uma pequena aldeia judaica cerca de 2.000 anos atrás, tornou-se um baluarte do cristianismo no Período Bizantino, centenas de anos mais tarde. Hoje Nazaré é a maior cidade árabe em Israel e tem cerca de 30 igrejas e mosteiros, bem como mesquitas e sinagogas antigas.

O ponto principal de visitação é a Igreja da Anunciação, reconstruída, mantendo partes das igrejas anteriores, dos Períodos Cruzado e Bizantino. A Basílica da Anunciação é uma verdadeira homenagem a Nossa Senhora com suas paredes cobertas por quadros retratando Nossa Senhora sob títulos de várias nacionalidades, inclusive Nossa Senhora Aparecida, a padroeira do Brasil.

Ao lado, está a Igreja de São José, construída sobre as ruínas em que, de acordo com a tradição, São José tinha sua carpintaria.

Localização de Nazaré-Israel

As atividades são intensas para podermos desfrutar de todas as maravilhas que o Senhor reservou para nossos peregrinos neste dia.

Como primeira atividade, visitamos igreja de São José e o pátio. Aqui Jesus passou a infância, a adolescência, chegou à fase adulta e aprendeu sobre a bondade e o amor com os pais, Maria e José. Aqui Jesus cresceu, como diz o Evangelho: em idade, sabedoria e graça (Lc2,52). Então, é muito importante, é o lugar especial da família. Nós estamos no lugar onde viveu a Sagrada Família de Nazaré e por este motivo, juntamente à imagem da Sagrada Família de Nazaré, consagramos e entregamos nossas famílias à sua proteção, quando podemos dizer:

Jesus, Maria e José – nossa família vossa é.

Ao meio dia, na Basílica da Anunciação rezamos o Angelus, em companhia dos frades Franciscanos ouvindo os sinos da igreja que tocam em perfeita harmonia com a oração para na sequência celebrarmos a nossa Santa Missa votiva, tudo em memória ao momento da anunciação.

No Centro Internacional Maria de Nazaré nossos peregrinos são convidados a descobrirem com novos olhos, através de moderna imagem de multimídia, a mensagem e a revelação do amor de Deus refletindo os mistérios de Maria que nos levam a Jesus.

Em Nazaré visitamos ainda, a Sinagoga, onde Jesus declarou sua divindade (Lc 4,14-21), O Monte do Precipício onde, segundo a tradição, o povo de Nazaré tentou empurrar Jesus do penhasco (Lc 4,29) e a fonte de Maria.

O grande momento de emoção para o grupo acontece à noite com a participação na Fiaccolata, a procissão com velas relembrando mais uma vez a anunciação, é portanto um momento de oração, mas um momento de oração a convite da Virgem Santíssima, para estar com ela em uma oração concreta, rezar com ela em sua casa, e desta forma receber e sentir seu amor de mãe que nos amou dizendo seu sim ao projeto da salvação, e continua a nos amar ao nos chamar para uma oração afetiva, que acolhe o amor de Deus e a maternidade de Maria.

Em nossos próximos posts, caminharemos nos passos de Jesus pela Galileia, vivendo a experiência que os apóstolos viveram e assim como eles, aprendendo com os ensinamentos do Mestre nos locais em que Ele ensinou.