Veja abaixo as dicas da SanPioTur para preparar suas malas antes da viagem.

Segundo a Infraero, a bagagem de mão não pode ultrapassar 115cm (considerando altura + comprimento + largura) e o peso máximo é de 5kg.

Prefira levar na bagagem de mão itens essenciais ou aparelhos portáteis, como:

  • dinheiro e cartões;
  • documentos;
  • objetos de valor ou frágeis: jóias, notebook, câmera, celular e aparelho de mp3 (todos desligados). Embora não seja permitida a utilização de alguns aparelhos durante o voo, é mais seguro que eles estejam na sua bagagem de mão;
  • remédios (acompanhado de prescrição médica, carimbada e assinada);
  • casacos ou uma troca de roupas (para caso de conexões longas);
  • revista ou livro para ler durante a viagem;
  • alimentação para crianças e bebês, somente a quantidade suficiente para ser usada no voo.

Não podem ser transportados objetos cortantes e perfurantes, como alicates, facas, tesouras, canivetes.

Líquidos, géis ou pastas (xampu, condicionador, desodorante, pasta de dente, perfume, garrafas de água etc.) só podem ser transportados em frascos de até 100 ml, embalados em sacos plásticos transparentes vedados. Frasco com volume maior que 100 ml, mesmo que parcialmente cheio, deve ser despachado na bagagem comum ou descartado.

Perfumes e bebidas adquiridos no Duty Free Shop devem estar lacrados e com nota fiscal, mesmo assim, estão sujeitos a averiguação em aeroportos internacionais, de acordo com a legislação de cada país.

1. O passageiro tem direito a 20 quilos de bagagem na classe econômica e a 30 quilos nas classes primeira e executiva. A franquia vale para menor de 12 anos que paga tarifa de 50% do valor do bilhete. Nas linhas internacionais, a franquia segue normas dos países de destino. Nas linhas regionais, a franquia é de 10 quilos em aviões com até 20 assentos. Em vôos domésticos com conexão internacional, prevalece a franquia estabelecida para a viagem internacional.

2. No ato do despacho, a empresa aérea deve entregar ao passageiro o comprovante correspondente à bagagem embarcada, com indicação dos pontos de partida e destino e número da etiqueta de bagagem, quantidade, peso e valor declarado dos volumes, se for necessário. O comprovante serve como prova de contrato do transporte da bagagem.

3. Criança com menos de dois anos não tem direito a franquia de bagagem.

4. Excesso de bagagem (peso além da franquia) tem seu transporte sujeito ao pagamento de uma taxa à razão de 1% do valor do bilhete não-promocional. Frações de meio quilo ou mais serão arredondadas para cima. Nas linhas aéreas regionais a tarifa de excesso de bagagem pode ser de 1% ou 2% da tarifa básica regional da etapa, por quilo, conforme o tipo de aeronave.

5. Em viagens para os Estados Unidos e África do Sul, há exigências específicas para bagagens. Nas classes econômica, executiva e primeira, cada passageiro pode despachar dois volumes de até 32 quilos cada um. Os volumes não poderão exceder a 158 centímetros cada um na soma do comprimento, largura e altura. O excesso de bagagem, em peso e/ou volume é cobrado por taxas.

6. Itens de bagagem de mão transportados gratuitamente:
» Uma bolsa de mão ou maleta ou equipamento que possam ser acomodados sob o assento do passageiro ou em compartimento próprio da aeronave, com peso máximo de 5 quilos e dimensão total não excedendo a 115 centímetros. A norma vale para qualquer passageiro, exceto crianças pagando 10% da tarifa;

  • Um sobretudo, manta ou cobertor;
  • Um guarda-chuva ou bengala;
  • Uma máquina fotográfica pequena e/ou um binóculo;
  • Material de leitura para viagem em quantidade que a empresa aérea considerar razoável;
  • Alimentação infantil para consumo durante a viagem;
  • Uma cesta ou equivalente para transporte de criança de colo, que poderá também ser transportada gratuitamente no compartimento de bagagem do avião.

O viajante é responsável por todos os bens levados na viagem incluindo dinheiro, cartões de crédito, objetos de valor, etc.

Recomendamos o uso dos cofres dos hotéis, bem como cuidado no manuseio, evitando exposições dos valores em posse – seja prudente.

Nunca despache seu dinheiro na mala. Mantenha todo o dinheiro e cartões em sua posse durante todo o trajeto da viagem.

Caso tenha cartão de credito internacional, leve-o. Eles são aceitos na maioria dos estabelecimentos e, apesar de possuírem taxas bancárias extras, são mais seguros que a utilização de dinheiro em espécie.

A legislação brasileira possibilita trazer do exterior até US$500,00 em compras sem a cobrança de imposto. Além disto, o “Free Shop” permite adquirir mais US$500,00 de diversos produtos.

WhatsApp chat