A primeira vez que ouvimos falar sobre Padre Pio foi durante nossa adolescência e desde aquela época, de tempos em tempos, ele mandava-nos um sinal para que nos recordássemos dele como a nos dizer: “Eu já vos escolhi para divulgares o meu nome e o amor a mim, para serem mensageiros e assim tornar o meu nome e meus ensinamentos conhecidos”.

Por boa parte das nossas vidas nós passamos como que nos escondendo dele, lembrávamos dele quando tínhamos algum problema e nestes momentos pedíamos sua intercessão, mesmo não conhecendo profundamente sua vida e sua missão, o que sabíamos era que ele foi um padre que recebeu as chagas de Cristo, havia sido muito perseguido e estava em processo de canonização pela igreja e depois que já era um santo.

Em meados de 2008, acreditamos que, Padre Pio deva ter decidido que chegara o momento de transformar aqueles nossos contatos eventuais em efetivamente uma grande amizade e para isto ele começou por mudar totalmente a nossa vida pessoal, profissional, espiritual nos colocando para participarmos de uma excursão à Europa com passagem por San Giovanni Rotondo.

Para participarmos desta viagem, na verdade foi uma peregrinação, começamos a ler sobre Padre Pio, assistimos ao filme sobre sua vida e durante esta preparação foi nascendo em nós uma grande admiração por ele.

Começamos a admirá-lo pela forma como ele foi um Religioso aplicado e cioso da sua condição. A maneira como ele foi obediente a seus superiores, uma obediência que humanamente falando é quase impossível entender, porém quando abandonamos a visão puramente humana percebemos a enorme amplitude de sua submissão em termos de fé.

Entendemos que os estigmas em seu corpo não foram seus, mas que Cristo serviu se dele como co-redentor para mostrar a cada um de nós a que ponto foi o sacrifício de um Deus por amor às suas criaturas e o quanto ele ainda sofre por nossa ingratidão.

Choramos quando vimos o seu sofrimento ao ser impedido de confessar, abençoar, celebrar o santo sacrifício da missa em publico e até falar com as pessoas que recorriam a ele. O carinho paternal de Padre Pio surpreendeu-nos de tal forma, que nos fez desejar sermos seus filhos espirituais. O carinho que ele demonstrava pelos seus filhos espirituais, não era um carinho físico, mas um carinho cunhado pela sua oração, pela sua direção espiritual deixou-nos completamente encantados por ele.

Sentir comoções ou fenômenos diferenciados quando se tem uma experiência com Padre Pio é um sentimento inexplicável e que de fato muda a vida da pessoa de imediato e nos materiais que lemos muitas pessoas relatavam experiências maravilhosas de milagres e graças ou ainda sentiram um maravilhoso perfume de rosas quando estavam intercedendo a Padre Pio e logo percebiam que estavam recebendo uma graça muito grande. Nós tivemos esta experiência maravilhosa quando visitávamos Padre Pio em San Giovanni Rotondo e podemos confessar, a partir daquele momento não foi uma graça que conseguimos, mas uma chuva de graças sobre nós e nossos familiares. Literalmente a partir desta experiência e outras que vivemos nestes dias próximos a seus restos mortais ficamos apaixonados por ele, fascinados a ponto de sentirmos um enorme e inexplicável carinho e saudade, que até nos confunde, pois se não o havíamos conhecido pessoalmente como podemos sentir saudade?

A primeira grande graça que recebemos de Padre Pio, ainda em San Giovanni Rotondo, foi ele ter plantado em nossos corações o desejo para iniciarmos em nossa vida um trabalho de evangelização de nossos irmãos e lá mesmo em San Giovanni Rotondo a semente para a criação de um grupo de oração, semente esta que posteriormente através da oração e de sonhos ele foi indicando como fazê-la germinar. Deste pequeno grupo inicial de San Giovane Rotondo, alguns ficaram pelo caminho, mas com certeza com a semente plantada em seus corações e ações, e novos irmãos uniram-se ao grupo intensificando nossas orações e intercessões para iluminar a vida de muitos, pois como Jesus disse: não se deve esconder um candeeiro debaixo da cama, mas mostrá-lo a todos que estão em casa”.

WhatsApp chat